Palavra do Presidente
Foto do Presidente


Guias

- Tabela sindical
      - Tabela sindical 2018
- Tabela sindical
      - Tabela sindical 2017
- Tabela sindical
      - Tabela sindical 2016
- Tabela sindical
      - Tabela sindical 2015
- Contribuição sindical
      - Informações
       - Emissão
- Taxa associativa (Mensal)
    - Informações
     - Emissão
- Taxa de custeio (anual)
    - Informações
    - Emissão

Convenções

Tira Dúvidas

Artigos

Faça Parte

Espaço FENAC

Anúncios

Convênios

Informativo

Informativo Dezembro 2011 - Leia as principais notícia do último bimestre

.

Enquete


O que você achou do site do Sindiclubes MG?



Links Úteis

Ex-Presidentes

João de Souza - 21 de novembro de 1995 a 10 de março de 1996

 
  
 João de Souza superou as diferenças entre os clubes e usou seu poder de persuasão para mobilizar os representantes dos clubes em torno de um ideal: a criação do Sindicato Intermunicipal de Clubes Culturais, Esportivos e Sociais de Juiz de Fora e outros Municípios- SINDICLUBES. Foi eleito primeiro presidente da entidade em 21 de novembro de 1995, na assembleia realizada no Clube Caiçaras, cargo onde permaneceu até a data de seu falecimento, em 28 de março de 1996, aos 77 anos.
 
 
 
 
Marcelo Guedes Barra (11 de maio de 1996 a 31 de março de 2005 )
  
    O empresário Marcelo Guedes Barra assumiu a presidência do Sindiclubes em março de 1996, após a morte de João de Souza. Em sua gestão o Sindiclubes ingressou na Federação Nacional de Cultura com sede em Brasília- FENAC. Foi com apoio da FENAC, através empenho do então presidente, Walter de Andrade, junto à Secretaria de Relações do Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego que foi liberado o Registro Sindical nº 46000.003021/96, publicado no Diário Oficial da União em 01 de julho de 1998.
   Em sua administração, o Sindiclubes saiu do Clube Atlético Caiçaras para funcionar na Avenida Rio Branco e, posteriormente, permaneceu na Galeria Epaminondas Braga, nº 72. Sua gestão se caracterizou pelo constante fluxo de correspondência funcional, ligada às obrigações legais e estatutárias das diretorias. No campo esportivo, implementou inúmeros torneios esportivos em diversas modalidades. Assim foram criados os Jogos Abertos Sindiclubes - Troféu Dr. João Batista Pelagagi, com o objetivo de atrair a participação entusiástica dos Clubes.
 
 
Basileu Tavares (28 de abril de 2005 a 29 de abril de 2008)
 
   O Engenheiro Basileu Tavares, atuante Secretário Geral da Universidade Federal de Juiz de Fora, sucedeu Marcelo Barra na Presidência do SINDICLUBES e muito projetou o Sindicato junto aos órgãos do primeiro escalão de Governo Federal, em Brasília, notadamente junto ao Ministério dos Esportes através do Ministro Orlando Silva e do Secretário Geral Wadson Ribeiro.
   Basileu conseguiu carrear valiosos recursos para o segmento clubístico de Juiz de Fora, dando maior visibilidade ao Sindicato. Além disso, deu sequência ao trabalho da diretoria anterior, fortalecendo as atividades implementadas. Em sua administração a sede do Sindiclubes passou a funcionar na Rua Halfelfd, 651 Sala 504 – Ed. Bancantil.
 Com o retorno de Marcelo Barra à Presidência, Basileu Tavares, a despeito de suas inúmeras atribuições na administração universitária, mantém-se ligado ao SINDICLUBES, atuante na Diretoria de Relações Pública e Institucionais.
 
 
 
Marcelo Guedes Barra 29 de abril de 2008 a 29 de março de 2011
 
   
   A segunda administração de Marcelo Barra é marcada pela constante orientação trabalhista e previdenciária aos presidentes dos clubes. A integração entre os associados foi intensificada através do esporte, com a inserção de novas modalidades ao Torneio Sindiclubes, fazendo com que novos clubes participassem. Nesta administração ampliou as bases do sindicato Intermunicipal para sindicato estadual, aguardando apenas assinatura da carta sindical pelo Ministro do Trabalho.
   Marcelo assumiu também a vice-presidência da Federação Nacional dos Clubes-FENAC, ajudando a eleger o novo presidente e trazendo a sede de São Paulo para o Rio de Janeiro.